Clique para ouvir

Se beber, não pegue no volante

Clique para ouvir

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Incêndio em vegetação rasteira e mata nativa de pequeno porte em Conselheiro Lafaiete

15/08/2012

-
-

Em Conselheiro Lafaiete dia 13 as 13h00min guarnição ambiental em atendimento a solicitação de militares do pelotão de bombeiros militar compareceu a av. Geraldo Plaza, próximo ao nº 931, onde 02 (duas) equipes do corpo de bombeiros foram acionadas para apagar um incêndio em uma área de vegetação e pequenos arbustos que iniciou por volta das 13 horas.

O acionamento ao corpo de bombeiros foi feito pelo cabo Edmar da Silva guia, lotado na 61ª cia PM/31º BPM, que avistou um cidadão vindo da rua 18 no bairro Paulo VI descendo pela mata em direção a av. Geraldo Plaza e colocando fogo em trechos espaçados de 100 em 100 metros, estando em companhia de mais dois suspeitos, não sendo visualizados estes dois últimos colocando fogo na mata, apenas presenciando o ato praticado pelo autor.

Em contato com os envolvidos eles negaram ter colocado fogo na mata. Foi constatado que o fogo atingiu uma área de cerca de 15.000 (quinze mil metros) quadrados, (aproximadamente 04 campos de futebol) sendo a vegetação no local composta por vegetação rasteira havendo em alguns pontos vegetação de mata nativa de pequeno porte. Além do dano causado na vegetação houve a queima parcial de 13 caixas utilizadas para criação de abelhas e destruídas outras 05 (cinco) caixas, que conforme apurado pelos bombeiros seria dos filhos de um senhor que não foi localizado.

Quanto a área queimada pertence à associação dos magistrados mineiros, sendo feito contato telefônico com o juiz de direito que foi cientificado do fato, confirmando a propriedade do terreno.
Para contenção do fogo foram empregados 06 bombeiros, 02 viaturas e cerca de 3.000 litros de água, sendo que na maior parte da área queimada foram utilizados abafadores uma vez que o local não permitia o acesso para viaturas.




CAMPANHA 2012 - PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIOS FLORESTAIS‏

Clique para ouvir


LEI Nº 9.605, DE 12 DE FEVEREIRO DE 1998
CAPÍTULO V
DOS CRIMES CONTRA O MEIO AMBIENTE
Seção II
Dos Crimes contra a Flora

Art. 41. Provocar incêndio em mata ou floresta:
Pena - reclusão, de dois a quatro anos, e multa.
Parágrafo único. Se o crime é culposo, a pena é de detenção de seis meses a um ano, e multa.
Art. 42. Fabricar, vender, transportar ou soltar balões que possam provocar incêndios nas florestas e demais formas de vegetação, em áreas urbanas ou qualquer tipo de assentamento humano:
Pena - detenção de um a três anos ou multa, ou ambas as penas cumulativamente.

3ºSgt.Madeira
Assessoria de Comunicação Organizacional da 13ªCia.Ind.MAT
13ciapmindmat-p5@pmmg.mg.gov.br
(32)3339-5050

Nenhum comentário:

Postar um comentário